Reforma Tributária: Câmara aprova urgência para texto que regulamenta detalhes sobre impostos

Politica
Proposta detalha implementação de impostos federal e estadual criados com reforma. Mérito deve começar a ser votado nesta quarta-feira. A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (9) um requerimento que agiliza a tramitação de um dos projetos que regulamenta a reforma tributária.
Com a aprovação, a proposta não precisa passar pelas comissões temáticas da Casa e pode ser votada diretamente no plenário.
A discussão do projeto propriamente dito começará amanhã no plenário da Câmara, pela manhã. A perspectiva é que o debate em torno do tema se estenda ao longo de todo o dia e a votação pode acontecer apenas na quinta-feira (11).
O desejo do presidente Arthur Lira (PP-AL) é aprovar a proposta antes do recesso parlamentar, que se inicia em 18 de julho. Caso aprovada, a matéria segue para o Senado.
O projeto acelerado trata da implementação do IBS (Imposto sobre Bens e Serviços), do CBS (Contribuição sobre Bens e Serviços) e do Imposto Seletivo (IS).
Os dois novos impostos formam o IVA (Imposto sobre Valor Agregado) e substituirão cinco tributos que atualmente incidem sobre consumo: PIS, Cofins, IPI, ICMS, ISS.
Uma outra proposta, que regulamenta o funcionamento de um comitê gestor para administrar os tributos, será votada em agosto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *